Varadero: o pôr do sol mais lindo de Cuba




A praia de Varadero é a mais balada de Cuba. A cidade é linda e repleta de atrações turísticas. Foi em Varadero que presenciamos o pôr do sol mais deslumbrante da nossa jornada pela ilha. E apesar da badalação, conseguimos manter nosso orçamento dentro do programado, pois essa foi a cidade mais cara das que passamos. Chegamos a Varadero por volta das 12h. A viagem de Santa Clara demorou aproximadamente 1h30. Estávamos meio desconfiados, pois todos os relatos que lemos davam conta que os preços eram exorbitantes. Logo na saída da rodoviária, como de costume, fomos abordados por uma dezena de taxistas. Agradecemos, e seguimos até a avenida principal. Porém essa foi a primeira vez que mostraram certa irritação em não querermos usar o serviço. Nossa intenção era ir caminhando para conhecer o local, mas com o sol escaldante, optamos por um frete em uma carruagem.

 

Varadero/ Cuba/ Viagem de Boa/ Everton Palaoro

A escolha foi pela Casa do Roberto e Martha , ótima localização, era só atravessar a avenida e estávamos na praia. Além do mais, Roberto e Martha são pessoas muito simpáticas. No anoitecer sempre sentávamos para conversar. Também recomendamos o café da manhã e as deliciosas panquecas. Enfim, check in feito, saímos para almoçar. Escolhemos um bar próximo a casa. A comida estava gostosa, mas o preço, como prevíamos caro. Achamos que a partir dali seria essa faixa de preço, mas como grata surpresa encontramos vários locais bons e com valores justos, ainda que maiores do que estávamos conseguindo nas cidades por onde passamos. Já os valores das lembrancinhas também surpreenderam positivamente. Havia uma infinidade de feirinhas ao longo da avenida principal.

Varadero/Cuba/Viagem de Boa/ Everton Palaoro

Varadero é uma cidade turística. Há poucas atrações além da praia. No geral, os turistas tem tudo o que precisam dentro dos hotéis que oferecem o serviço all incluse. Quem se importa? Fomos até lá para descansar da jornada extenuante da viagem. E aproveitamos cada instante que tínhamos daquele mar de um azul intenso e sol.

Varadero/Cuba/Viagem de Boa/ Everton Palaoro

Passamos a tarde na praia e depois saímos para explorar. Encontramos um mercado e compramos cerveja Bucanero para o descanso da noite. Na hora de comer, encontramos o Terracitas Café  que servia refeições também. Pratos muito bons e com um preço ótimo.

Varadero/ Cuba/ Viagem de Boa/ Everton Palaoro

No dia seguinte, acordamos cedo. Foi a primeira vez que aceitamos a proposta de tomar café na casa onde estávamos hospedados. Foram 5 CUC (R$20,00) para cada. A experiência, embora fora do nosso padrão de gastos, foi muito legal. Roberto é muito recomendado devido as panquecas que prepara. A mesa estava farta, muito boa. Depois aproveitamos o tempo para ir à praia e bisbilhotar as barraquinhas de artesanato. Foi um ótimo passeio. Em Varadero encontramos dificuldade para achar um ponto de acesso para a internet. Então, após a praia saímos em direção a rua 60, para encontrar o Parque Todo em Uno, local onde haviam nos dito que encontraríamos internet, e de fato alí é o único ponto. No caminho, claro, paramos para mais um banho de mar.

Varadero/ Everton Palaoro/ cuba/ Viagem de Boa

Caminhamos uns 30 quarteirões. Literalmente, passamos o dia caminhando. Claro, paramos inúmeras vezes para comprar lembranças, tomar água e tirar fotos. O parque ficava fora da avenida principal, quase na saída da cidade. Era uma espécie de parque com máquinas que faziam lançamento de bolas de baseball, música, comida e cerveja. Na volta, exaustos, paramos para comer na Casa de la Miel. Era praticamente nossa despedida de Varadero. Chegamos muito cansados em casa devido a longa caminhada. Depois do banho, aproveitamos para assistir os programas da TV Cubana.

Varadero/ Cuba/ Everton Palaoro/ Viagem de Boa

Na manhã seguinte, voltamos ao café e depois praia, apenas praia. Era a despedida do mar do Caribe. Tiramos muitas fotos e aproveitamos bastante. Voltamos para a casa para arrumar as malas e tomar banho. Após a despedida, saímos caminhando. Sem pressa, paramos para comer, novamente na Casa de la Miel. Na saída ainda compramos um pote de mel para trazer para o Brasil. Usamos para cozinhar e para fazer Canchanchára, bebida que conhecemos em Trinidad. Quando estávamos fazendo o roteiro, ficamos na dúvida sobre incluir Varadero, pois vimos muitos comentários dizendo que era muito turística e não valeria a pena. Mas se não tivéssemos incluído, nos arrependeríamos e muito. Sim, ela é uma cidade super turística, muito diferente do que a maioria que passamos por Cuba. Mas a praia e o mar são de tirar o fôlego, um dos mais lindos que já vimos até hoje. Não ficamos em resort e tentamos aproveitar o máximo da cidade, cada um escolhe a experiência que quer ter, e para nos essa foi maravilhosa.

Varadero/Cuba/Everton Palaoro/Viagem de Boa

Depois do almoço fomos caminhando até a rodoviária. Chegamos no horário, mas o ônibus atrasou. Aproveitamos para recapitular o roteiro dos nossos três últimos dias em Cuba. Havana nos esperava novamente, mas dessa vez já com gostinho de despedida.

Capítulo 1- Cuba aí vamos nos

Capítulo 2 – Cuba é logo ali

Capítulo 3 – Apuros em Havana

Capítulo 4 – Atravessando Cuba

Capítulo 5 – Santiago de Cuba

Capítulo 6 – Bayamo

Capítulo 7 – Trinidad

Capítulo 8 – Cienfuegos

Capítulo 9 – Cayo Santa Maria, Remedios, Santa Clara

Compartilhar




3 Comments on Varadero: o pôr do sol mais lindo de Cuba

    • Oi Joana, tudo bem? O almoço mais caro, custou 25 cuc,foi no primeiro dia,num bar (tem vários deles, acho que eles são numerados ou algo assim, não valem a pena, são caros. Depois a noite gastamos 7,2, Almoço dos próximos dias, 9.6 e 13.3 e a janta do segundo dia 11,05.
      Foi a cidade mais cara que achamos.
      Nas praias acho que não havia bares não, pois a maioria são resorts all incluse, que servem seus clientes.

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*