Nova Trento (SC) – Santuário de Santa Paulina em 5 horas




DCIM101GOPRO

Santuário de Santa Paulina em 5 horas

Nova Trento é uma cidade que está a 1h30 de Florianópolis, vindo de carro (via BR-101/SC-411). Situada no Vale Europeu catarinense é o segundo maior polo religioso do Brasil,  abrigando o Santuário de Santa Paulina (primeira santa brasileira, embora nascida na Europa). A terra de Santa Paulina tem um ar bucólico e 13 mil  habitantes. Nos finais de semana, recebe milhares de devotos de vários lugares do Brasil. Eles vêm pedir uma benção ou agradecer alguma graça alcançada.

Santuário Santa Paulina-3

Guia prático para conhecer o Santuário de Santa Paulina

Nova Trento foi colonizada por imigrantes de Trentino Alto Ádige, em 1875. A  cidade tem atrativos que merecem uma visita mais demorada. É preciso ter tempo para conhecer os parreirais de uva, casas de produtos coloniais, o Centro e outros roteiros religiosos como o santuário de Nossa Senhora do Bom Socorro, instalado no antigo Morro da Onça, a 525 metros de altitude. Contudo, hoje vamos fazer um guia rápido para quem quer conhecer o Santuário de Santa Paulina.

Missa no Santuário – reserve uma hora no roteiro

Santuário Santa Paulina-12

O principal a se fazer ao conhecer Nova Trento é assistir uma missa no Santuário de Santa Paulina. O santuário está localizado na comunidade de Vígolo. O lugar é enorme e mesmo assim esta sempre cheio. É bom chegar um pouco antes para garantir um lugar, principalmente em datas festivas. Há vários horários de missa durante o dia. É possível organizar o que melhor encaixa no roteiro.

Santuário Santa Paulina-18

Almoço-lanche – reserve uma hora no roteiro

Há várias opções de lanchonetes e restaurantes próximo do santuário. Os preços na maioria são acessíveis. Você encontra opções de almoço de R$13,90 (buffet livre) nos restaurantes que ficam mais a frente, pelo outro lado da rua. Há também o restaurante do próprio santuário, que serve buffet livre a R$ 25,90 ou o quilo a R$ 17,90. Comida caseira, muito gostosa, recomendamos. (Valores de Maio-2016)

Santuário Santa Paulina-25

Conhecendo os arredores – reserve uma hora no roteiro

A história de Santa Paulina é contada por meio de memoriais fotográficos e museus. Ainda há capelinhas, oratórios, lagoas, e muita natureza. Ande sem pressa, conhecendo, você vai passar momentos muito agradáveis em família. Ainda há o Parque Feliz, que além do comércio e barraquinhas de comida, há um lago com pedalinhos (R$15,00 por 10 minutos), com uma ponte pênsil logo acima. E alguns brinquedos infláveis para a criançada se divertir.

Santuário Santa Paulina-31 Santuário Santa Paulina-30

Subindo a colina – Reserve uma hora no roteiro

A Colina de Santa Paulina é um morro que sobe-se a pé. Para quem não está acostumado é um pouco puxado, mas subindo devagar, quase todo mundo consegue chegar ao topo. No alto,  além de oferecer uma vista linda do santuário, tem uma grande estátua da santa, com uma enxada na mão, representando sua vida de trabalho e oração.

Antes de descer dá para tomar uma água geladinha da fonte, acender uma vela em agradecimento, ou simplesmente contemplar o momento em algum banquinho em meio a natureza.

Santuário Santa Paulina-6

 

Comércio – Reserve uma hora no roteiro ou mais

Perto do santuário há vários comércios, vendendo desde produtos religiosos, objetos  eletrônicos, vestuário etc. Reserve um tempinho para conhecer, caminhar e comprar algumas lembrancinhas. De uns anos para cá, a moda é comprar fitinhas para amarrar nas árvores, guarda corpo de pontes entre outros locais. O santuário ficou mais colorido.

Santuário Santa Paulina-36 Santuário Santa Paulina-29

Também há vários produtos coloniais de boa qualidade como queijos, vinhos e salames, que vale a pena trazer para casa ou degustar ali mesmo. Na maioria, são produzidos pelas famílias da cidade em pequenos sítios da zona rural. Porém, existem casas mais sofisticadas como Girola e Vô Luiz, que ficam na saída de Vígolo.

Santuário Santa Paulina-42 Santuário Santa Paulina-40

De acordo com o site da Prefeitura de Nova Trento, todos os meses, o Santuário de Santa Paulina recebe, em média, 70 mil visitantes. O período de maior movimento é o segundo domingo de julho, mês de nascimento da imigrante trentina-italiana Amábile Lucia Visintainer. Ela chegou ao Brasil em 1875 acompanhada dos pais. Aos 25 anos, Amábile funda a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição e adota o nome de Irmã Paulina.

Santuário Santa Paulina-22 Santuário Santa Paulina-20
Em 1903, ela mudou-se para São Paulo onde fundou casas assistenciais. Ela morreu em 1942, aos 77 anos. O primeiro milagre atribuído e confirmado pelo Vaticano ocorreu em 1966 ao curar uma gestante que retirou um feto morto.

A peregrinação a Nova Trento começou em 1991 quando o então papa João Paulo II beatificou Madre Paulina durante passagem pelo Brasil. A partir daí milhares de pessoas passaram a vir para o bairro de Vígolo, que não oferecia a estrutura necessária. Em 2002, as freiras da congregação decidiram fazer o santuário. A obra começou no ano seguinte e foi inaugurada em 2006 ofertado a Santa Paulina.

Para conhecer melhor a história de Santa Paulina e os serviços oferecidos você pode acessar o site www.santuariosantapaulina.org.

 

 

Compartilhar




Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*