Porto Belo (SC), a joia da Costa Verde & Mar




Antes de começar as postagens com os relatos de nossas viagens, precisamos mostrar o paraíso no qual vivemos. Eu por escolha, Isabela por nascimento. Moramos em Porto Belo, uma linda cidade encravada na Costa Esmeralda, Litoral Norte de Santa Catarina.

Situado entre Itapema e Bombinhas, na Costa Esmeralda, Porto Belo oferece aos turistas e moradores praias encantadoras e opções variadas de lazer. Os melhores balneários ficam no bairro Araçá, uma comunidade onde a pesca é a maior fonte de renda das famílias. Caixa D’aço e Estaleiro cativam pela beleza natural. A primeira, é reduto de Iates de luxo. Já a segunda, oferece sossego imprescindível para recuperar as energias. No município há, ainda, a Ilha João da Cunha, a paisagem marcante da zona rural e a culinária à base de frutos do mar.

Protegido do vento, o Caixa D’aço é um abrigo natural para as embarcações. A água rasa permite que os banhistas se aproximem das dezenas de lanchas e iates ancorados na temporada de verão. Outro charme do reduto são os três bares flutuantes, que atendem pedidos pelo mar. O cenário, digno de cartão-postal, atrai celebridades de todo país. Inclusive, foi palco para o cantor Michel Teló. O artista escolheu a a praia para gravar o clipe da versão em inglês do hit “Ai se eu te pego”. O vídeo rodou o mundo pela internet.

IMG_1606

Caixa D´aço, com os três bares flutuantes

Outro ponto deslumbrante da cidade é a praia do Estaleiro, também localizada no bairro Araçá. Mas os visitantes precisam ter disposição para fazer uma trilha de cerca de 300 metros morro abaixo. O caminho é estreito, cerca de 1,5 metro de largura, e íngreme. As pedras também dificultam o acesso, porém se a intenção não é um pouco de aventura, vale descer de carro pelo estacionamento, que fica um pouco mais a frente da entrada da trilha. Ao chegar já se vê que a pequena faixa de areia fica tomada de pessoas. Por vezes, falta espaço. Nesse ponto a água é verde esmeralda e límpida, proporcionando um banho refrescante. O que é bom, já que revigora o corpo para a subida. Veja o post completo sobre a Praia do estaleiro aqui

IMG_0611

Um pouco mais a frente, encontra-se a Ponta do Estaleiro, local procurado por moradores e turistas, para apreciar suas belezas. Neste local não é permitido banho, pois é um costão perigoso, alguns procuram para a pesca. O local é um pouco distante, da para ir de carro ou também de bicicleta, para aqueles que gostam de mais adrenalina. A estrada é de terra, mas em boas condições.

IMG_9120

Natureza, no caminho para a Ponta do Estaleiro

IMG_9054

Ponta do Estaleiro

No centrinho do Araçá encontra-se o restaurante Araçá Silvestra. No local é possivel comer anchova grelhada e o tradicional lambe lambe, prato feito com arroz e mariscos.O píer, onde  partem barcos de pesca industrial de corvina, no verão é a partida para a escuna Piratas do Araçá, que leva para um passeio pela costa de Porto Belo, com direito a parada para banho de mar atrás da Ilha João da Cunha (Ilha de Porto Belo).

IMG_9145

Praia do Araçá, com o Píer ao fundo

A Primeira Praia do Araçá tem beleza encantadora. A prainha é menos badalada que as outras, mas é uma das melhores do bairro  e de Porto Belo. Ainda há uma pequena praia, quase desconhecida do público, o Araújo. Para acessar é necessário fazer uma trilha de uns cinco minutos. Ela fica bem em frente a ilha.

IMG_1520

Bairro Araçá

Já na região do centro há boas praias também. O calçadão da Enseada Encantada merece uma parada para contemplar e fotografar o pôr do sol. No final do calçadão tem um barzinho, bem legal, o Marujos. Nesse ponto fica a praia do Jetski. Como o próprio nome sugere é local de encontro para quem curte pilotar uma motoáquatica.

A Ilha João da Cunha ou Ilha de Porto Belo merece um dia inteiro para desfrutar de seus encantos. O visitante necessita reservar tempo para trilha, banho de mar com direito a mergulho e stand up paddle e ainda visita no museu. Na hora do almoço, o bar do espaço oferece bebidas e pratos à base de frutos do mar. Para chegar é necessário fazer a travessia com barcos de pescadores, disponibilizados no píer municipal, no mole da Praia do Baixio ou ainda no trapiche do Calçadão da Enseada Encantada. Na parte de trás da ilha fica o porto turístico de Porto Belo, um porto natural que recebe dezenas de transatlânticos todos os anos.

IMG_9266

Transatlântico aportando em Porto Belo

 

No Centro de Porto Belo, os destaques são a praça da Bandeira, que atualmente passa por uma reurbanização. Três casarões são destaque nessa região. Um abriga a sede da Fundação de Cultura, outro o Armazem Bistrô e o último no píer municipal abriga o restaurante Batuque na Cozinha. Durante a estada vale a pena conferir as feiras de artesanato, em dias de navio, e o comércio local.

Herança da colonização, a igreja Matriz Senhor Bom Jesus dos Aflitos data de 1814. Erguida com oleo de baleia, a capela é o ponto mais histórico do município. Foi construída por portugueses vindos de Ericeira em 1753.

IMG_0046

Igreja Matriz

As praias da região central são propicias para esportes náuticos como a vela. Ainda existe as Vieiras, uma pequena extensão de areia entre costões, que separam o Centro da Praia do Perequê.

IMG_1222

Praia do centro, conhecida como Praia do Baixio

A Praia de Perequê é uma das mais frequentadas do município. Ainda com poucos prédios, tem como visitantes regulares moradores do Vale do Itajaí, principalmente Brusque e Blumenau, paranaenes e gaúchos. Na orla há além do tradicional banho de mar, stand up paddle, caiaque e banana boat.

IMG_0569

Praia do Perequê

Na avenida, há alguns bares, conveniencia, sorveteria e pizzaria. A praia é ideal para quem busca um clima mais pacato.

Seguindo mais um pouco pela avenida José Neoli Cruz, a Estrada Geral de Santa Luzia, você encontra o Alto Perequê, onde há o Alambique Pedro Alemão. Lugar ideal para comprar uma boa cachaça.

Mais a frente, você encontra Santa Luzia. Reduto de pescadores artesanais, o bairro é repleto de peixarias com produtos fresquinhos e que abastecem restaurantes de toda a região. Quem preferir saborear um pescado ou frutos do mar sem ter que encarar a cozinha, uma ótima opção é a petisqueira do Nelinho. O restaurante fica às margens do rio Santa Luzia. Ali o que não falta é comida boa e um bom papo. Para os aventureiros, o bairro ainda é ponto de partida para a praia Canguá, um local agreste do outro lado do morro, que da acesso há uma trilha, que leva até o bairro Zimbros, na cidade vizinha de Bombinhas.

IMG_8803

Bairro Santa Luzia

Para quem tem um pouco mais de tempo nas férias, uma boa opção é visitar o Sertão do Valongo, comunidade formada por descendentes de escravos. Ali, parece que a vida parou no tempo. De longe, é possível avistar carros de boi e a fumaça saindo, vagarosamente, das chaminés dos fogões à lenha. Neste bairro fica o Sitio Flora Bioativas, onde pode-se conhecer e comprar produtos orgânicos e de boa qualidade.

INDICAÇÕES DE HOSPEDAGEM

Casa Para 5 Pessoas no Centro de Porto belo

Apto Para 2 Pessoas No Bairro Perequê

Curta a página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas viagens

Outono também rende praia

Saiba mais:

Informações: telefones (047) 3369-4111(prefeitura), 3369-5638 (Fundação de Turismo) e no site www.portobelo.sc.gov.br.

Como chegar: O acesso ao município se dá no KM 155 da BR-101. São sete quilômetros até o Centro.

Compartilhar




2 Comments on Porto Belo (SC), a joia da Costa Verde & Mar

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. Praias mais bonitas do Brasil: dezenas de destinos para viajar no verão | Quero Viajar Mais

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*