Conheça Morro Branco e Canoa Quebrada (CE) em um dia




Para conhecer essas duas praias do litoral cearense resolvemos alugar um carro, uma vez que iríamos em família, sairia muito mais em conta do que ônibus ou agência de turismo. De Fortaleza até a nossa primeira parada, no Monumento Natural das Falésias em Morro Branco são 90 km e depois mais 85 km até Canoa Quebrada.
Saímos bem cedo via CE 040, estrada em ótimo estado, na maioria do tempo duplicada, bem sinalizada e com bastante radares, o que evita os engraçadinhos de correr.

Chegamos na cidade de Beberibe e seguimos até a Praia de Morro Branco, onde fica o Monumento Natural das Falésias, que são paredões que formam labirintos de falésias. O lugar é paradisíaco, não tem como não se apaixonar pelo que se vê. Você pode entrar sem pagar nada e aproveitar o quanto quiser, para passear, conhecer e claro tirar muitas fotos.

A praia de Morro Branco é muito bonita também. Tem uma faixa de areia larga e a água é geladinha. Dessa praia é possível ir até a Praia das Fontes, de buggy, mas nos não fomos e seguimos viagem para Canoa Quebrada. Ali na vila ainda há a casa onde foi gravada a novela Final Feliz. O imóvel está a venda.

Canoa Quebrada

A Praia de Canoa Quebrada fica na cidade de Aracati. Logo na entrada já achamos um lugar muito bonito para tirar foto, com umas bonecas de cerâmica em tamanho natural. Dali andamos mais uns 10 minutos de carro e chegamos na praia.


Com muitas falésias e o azul do céu cortado por um parapente ou outro, o verde da água e as torres eólicas completando o visual, Canoa Quebrada se torna única. As cabanas na beira da praia dão todo um charme a parte também, inclusive teve uma com as cores da Jamaica que achamos muito legal e criativa.

Ali aproveitamos um banho de mar nas piscinas naturais que se formam, almoçamos na barraca Canoense, que por sinal não recomendamos, pela falta de profissionalismo e preço caro pelo que é oferecido. Depois caminhamos um pouco na Broadway, que é uma rua cheia de lojinhas, bares e restaurante, mas como era cedo o movimento era fraco. O forte é a noite, quando todos os estabelecimentos abrem e a galera fica curtindo, passeando, enfim.

Mas como ainda tínhamos um longo caminho pela frente, decidimos sair cedo para não pegar estrada a noite, já que no Nordeste muito cedo já anoitece. Além do mais, no outro dia era hora de fazer as malas, o nosso tempo em terras cearenses chegava ao fim. Curtimos muito esse estado e tudo o que ele pode oferecer, se tiver oportunidade, não deixe de visitar.

Dicas para aproveitar Fortaleza

Jericoacoara: terceiro destino mais procurado em 2016

Compartilhar




Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*